Ederson Tatu representa Hortolândia no próximo mundial de jiu jitsu

O atleta Ederson José Jesus Pereira, mais conhecido como Ederson Tatu, multicampeão no jiu jitsu, representará Hortolândia no próximo campeonato mundial da categoria, que acontece entre os dias 25 e 28 de novembro no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Ao longo da sua carreira, Tatu já conquistou mais de 200 títulos, entre eles, 10 campeonatos paulistas, 10 brasileiros, seis sul americanos, nove panamericanos e quatro mundiais.

Por conta dos seus feitos e com a proximidade de disputar mais um mundial, o atleta foi recebido pelo prefeito José Nazareno Zezé Gomes. Tatu estava acompanhado pelo vereador Valdecir Alves Pereira, o Nego, e pelo presidente do Instituto SEMA (Semeando Amor), Haroldo Luís Roncaglia.

O prefeito parabenizou os feitos do atleta de jiu jitsu e por levar o nome de Hortolândia pelo Brasil e pelo mundo. “É muito importante conhecer os jovens valores do nosso esporte. Tatu é um atleta referência no jiu jitsu e suas conquistas falam por si. Um dos títulos mundiais que ele conquistou foi em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e no alto do pódio ele segurava uma bandeira de Hortolândia. Isso é muito bonito e nos enche de orgulho”, destacou Zezé.

O prefeito hortolandense explicou sobre os esforços da sua Administração para desenvolver a democratização no acesso aos mais diferentes esportes. “Todos nós gostamos muito do futebol, mas não podemos esquecer das demais modalidades, que merecem ser reconhecidas e apoiadas. Estamos trabalhando para garantir novas estruturas para que mais esportes sejam trabalhados e desenvolvidos em Hortolândia”, afirmou o prefeito.

O atleta agradeceu a receptividade do prefeito hortolandense e disse que espera que o esporte, num futuro próximo, possa fazer parte dos Jogos Olímpicos. “O karatê se tornou esporte olímpico e existe uma movimentação mundial para que as federações e confederações possam se unificar e lutar pelo mesmo objetivo, que é garantir o jiu jitsu como esporte olímpico. Isso valorizaria muito o esporte, que ganharia mais visibilidade, assim como os atletas, que hoje sofrem com a falta de patrocínio”, finalizou Tatu.

Foto e texto: Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook