Prefeitura abre oficialmente Semana da Consciência Negra de Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia abriu oficialmente na noite de terça-feira, 16 de novembro, a Semana da Consciência Negra – Manifestações Afros, Lutas e ‘Re-Existência’.

A abertura, comandada pelo Departamento de Direitos Humanos, Setor de Políticas Públicas da Promoção da Igualdade Racial, da Secretaria de Governo, contou a presença do prefeito José Nazareno Zezé Gomes. Por meio do canal da Secretaria de Cultura no Youtube foi desenvolvida uma roda de conversa com os professores Odair Marques da Silva e Raquel Batista, onde discutiram a ideia de construir um novo olhar para o continente africano. “No Brasil, 54% da população, ou cerca de 110 milhões de pessoas são descendentes da matriz africana e infelizmente pouco é discutido sobre os países africanos. Por conta daquilo que consumimos na televisão e no cinema é fácil listar cinco capitais na Europa, mas o mesmo não se pode dizer quando se pede cinco capitais de países da África. É importante que possamos conhecer mais a fundo a África moderna, contemporânea e atual e conhecer mais sobre essa rica cultura”, comentou o professor Silva.

SEMANA

A programação da Semana da Consciência Negra de Hortolândia continua nesta quarta-feira (17), na Câmara de Hortolândia, a partir das 19h, com a Homenagem Zumbi dos Palmares e entrega de diplomas. Na quinta-feira (18), a partir das 9h, na EMEF Profª Marleciene Priscila Presta Bonfim, haverá palestra com o tema “O enfrentamento do preconceito e discriminação racial no trabalho” e, pela internet, a partir das 19 horas, Webnário pelo canal da Secretaria de Educação no Youtube e Aula On-Line, direto do Instituto Federal de Hortolândia. A Semana da Consciência Negra vai até o dia 23 de novembro e inclui palestras, oficina percussiva, roda de conversa, feira de afroempreendedorismo, exposição, debates, show com a cantora Leci Brandão, batalha de rimas, oficina de graffite, batalha de breack, entre outras atividades prevista pelo cronograma oficial.

Famílias atendidas nos serviços de assistência terão programação sobre o tema
A Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social promove, neste mês, três eventos alusivos ao Mês da Consciência Negra, todos com o mesmo objetivo: combater o preconceito e a discriminação, promovendo o debate em torno do respeito à diversidade, valorizando a cultura afro-brasileira e a memória cultural brasileira. As ações são voltadas a famílias atendidas nos serviços de assistência. Para participar, não é preciso se inscrever.

O primeiro é um encontro de sensibilização alusiva à data para integrantes do SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos), que acontece nesta quinta-feira (18/11), das 9h às 11h, no salão da Igreja Nossa Senhora Aparecida do Jd Rosolém, na Rua Orlando Pavan, 240.

O segundo é uma oficina do Paif (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família), que mescla roda de conversa com oficina de confecção de bonecas. Será na terça-feira (23/11), das 9h às 11h, no CCS (Centro de Convivência Social) Jd. Rosolém, localizado na Rua Guido Rosolen, 177.

O terceiro é outra Oficina Paif, com roda de conversa e oficina sobre “A Influência da Cultura Africana na nossa alimentação”, com a chefe Aline Guedes, professora de Gastronomia em cursos superiores e pesquisadora da alimentação e comensalidade de quilombos remanescentes do Estado de São Paulo, com publicações no Brasil, Portugal, Espanha e Argentina.

Com informações da Prefeitura de Hortolândia
Imagem: Divulgação/Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook