Prefeito de Nova Odessa acredita que assassinato de secretário tenha sido “recado”

O prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, conhecido como “Leitinho”, acredita que a execução do secretário de governo Marco Antonio Barion possa ter sido um “recado” para ele. Leitinho se pronunciou durante o velório do secretário e acredita que também corre risco de vida.

O assassinato ocorreu na manhã da última segunda-feira (6). Barion era conhecido como “Russo” e tinha acabado de sair de casa. Ele dirigia um Citroen AirCross, quando teve o trajeto interrompido por um Fiat Uno na região do bairro Marajoara.

Leitinho afirmou ainda que não anda com seguranças, mas que está se “fortalecendo com Deus”.

O prefeito de Hortolândia, Zezé Gomes, também lamentou o falecimento de Barion em uma rede social. “No passado, assim como eu, fizemos parte da mesma sigla partidária. Expresso meu pesar e solidariedade aos familiares e amigos e que Deus possa confortar o coração de todos neste momento de luto”, disse Zezé.

Foto: Reprodução/Facebook/Cláudio José Schooder – Leitinho

Comentários via Facebook