Participantes de Facção que executariam duas vítimas no Jardim Adelaide estão foragidos

Dois homens que seriam mortos por Facção em Hortolândia foram libertos pela Polícia na tarde desse Sábado (1). Eles estava em cárcere privado desde o dia 25 de Dezembro em um apartamento no Jardim Adelaide. Quatro homens faziam a guarda dos dois prometidos à morte 24 horas por dia.

A Polícia foi acionada após denuncia. Os dois homens foram vistos sendo tirados de dentro do porta malas de um carro pelos quatro homens. 

Quando a Polícia chegou, o veículo foi visto e logo dois dos quatro homens foram encontrados dentro do apartamento, de onde os policiais ouviram pedidos de socorros das vítimas. Elas estavam machucadas e uma delas com cortes pelo corpo. Os homens da Facção estariam aguardando autorização dos chefes para executar os dois reféns. Dois dos quatros homens foram presos e os reféns libertados.

Direto da Redação

TV HORTOLÂNDIA

Comentários via Facebook