Hortolândia investiga morte de peixes na Lagoa do Amanda

A Prefeitura de Hortolândia esteve na lagoa do Jardim Amanda para investigar a causa da mortandade de peixes verificada no local, na tarde desta sexta-feira (14/01). O trabalho foi realizado pela equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. De acordo com a fiscalização, foi constatado na lagoa mau cheiro e coloração diferente da água. Além disso, a Prefeitura também acionou a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para avaliar o local. Ainda nesta sexta-feira, a Secretaria de Serviços Urbanos realizou a retirada dos peixes mortos. A lagoa é a principal área de lazer na região.

A Prefeitura de Hortolândia ainda ressalta que realiza constantemente ações de fiscalização ambiental no munícipio e de limpeza e retirada das plantas aguapés do espelho d’água nas lagoas. Além disso, o entorno das lagoas também recebem ações de zeladoria, como poda do mato e limpeza. 

Essas ações são importantes para manter o embelezamento das lagoas, mas a Prefeitura salienta que é necessária a colaboração dos moradores para que não realizem ligações irregulares nas redes de esgotos. Essa atitude faz com que dejetos domésticos sejam despejados nas lagoas, causando a proliferação destas plantas, bem como a contaminação das águas, o que pode causar a morte de animais aquáticos. Já para manter o entorno das lagoas limpos, é importante que a população faça o descarte de lixo e resíduos nos 13 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da cidade.     

O descarte irregular de lixo em vias e áreas públicas está sujeito à multa. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e/ou veículos que praticam crime ambiental, podem fazer denúncias e enviar fotos e informações pelo aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixá-lo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do seu smartphone. A identidade do denunciante é mantida em sigilo.

Foto e texto: Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook