Novo parque linear começa a ser construído no centro de Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta quarta-feira (26/01), as obras de construção do novo  parque linear na região central, área de lazer que margeará a rua Luiz Camilo de Camargo, paralelo à linha férrea. A obra faz parte do “Superviário”, maior complexo viário da cidade, em implantação pela Administração Municipal. No local, máquinas realizam a abertura do pavimento da via para a instalação das tubulações de drenagem da rede de águas pluviais. De acordo com a Secretaria de Obras, esta ação compreende a primeira etapa de construção do parque. O próximo passo é a realização de serviços para fazer a ciclovia e novas calçadas na área.

O parque estará será localizado  do lado direito  da rua Luiz Camilo de Camargo para quem segue sentido Centro. Nesta etapa do trabalho, as intervenções acontecem desde o Parque dos Pinheiros, próximo da Delegacia de Polícia, onde também acontece a abertura do terreno para iniciar a construção da base da ponte que  fará a ligação para a rua Pacaembu (Jd. Carmem Cristina) até o Supermercado Assaí. A construção do  parque linear prosseguirá no trecho do Jardim Carmen Cristina até a duplicação da avenida Sabina Baptista de Camargo. A obra manterá o padrão das áreas de lazer do município,  que têm além da ciclovia, iluminação em LED, pista de caminhada, espaço para implementação de academia ao ar livre e espaços de convívio em todo o trecho.

“Para que a obra no local seja concluída mais rapidamente, não está permitido o estacionamento de veículos no lado esquerdo da rua Luiz Camilo de Camargo para garantir a fluidez do tráfego na região. A proibição temporária acontece entre os cruzamentos com as ruas Eliza Laurinda da Silva e Júlio Silva Batista”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos. 

SUPERVIÁRIO

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. As intervenções são realizadas com recursos do Banco CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), proveniente de financiamento internacional contratado pela Prefeitura em 2018 para realização de diversas obras de infraestrutura e mobilidade urbana, ações que garantirão a retomada do desenvolvimento econômico da cidade.

Paralelo as intervenções na rua Luiz Camilo de Camargo para a construção do parque linear, as obras também avançam em outros trechos do “Superviário” e, segundo a Secretaria de Obras, aproximadamente 50% do trabalho já foi concluído. A colocação da base para a pavimentação da futura via continua em andamento no trecho próximo ao Assaí Atacadista, do outro lado da linha férrea. Trabalho que também é realizado em parte do caminho sob a Ponte da Esperança (estaiada), onde, inclusive, o asfalto já foi aplicado em mais da metade do trecho. 

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. Haverá, ainda, a duplicação do trecho da avenida Sabina Baptista de Camargo, desde a rua Nossa Senhora do Carmo (Jardim Minda) até o cruzamento com a avenida Carlos Roberto Prataviera (que dá acesso ao cemitério), na rotatória atrás da empresa Magneti Marelli e ao lado do Parque Socioambiental Remanso das Águas. Uma ponte será construída neste trecho, sobre o córrego que corta a via, elevando a altura da pista e evitando inundações em dias de chuva forte.

A área lateral ao reservatório de contenção de enchentes que fica embaixo da Ponte Estaiada ponte será transformada em um novo espaço de convivência para desfrute da população, com equipamentos públicos de lazer e duas travessias para pedestres sobre afluentes do Ribeirão Jacuba. Haverá pista de caminhada, ciclovia, academia ao ar livre, playground, espaços de convívio com lixeiras e bancos, além de estacionamento. Ao lado desta nova área de lazer, a nova avenida prosseguirá até a avenida Panaíno, atrás do Condomínio Green Park. A obra contempla, ainda, a ligação do viário que será construído até a avenida Panaíno, com sobreposição da linha férrea.

Comentários via Facebook