Prefeitura espera vacinar cerca de 20 mil crianças até dia 21 de fevereiro

O Prefeito de Hortolândia, José Nazareno Gomes – Zezé informou hoje em coletiva de imprensa o adiamento do retorno das aulas da rede municipal, que estava previsto para a próxima segunda-feira (07). O novo prazo para retorno presencial das aulas é para o próximo dia 21.

Segundo Zezé, o número de crianças vacinadas ainda não é satisfatório. Portanto, o objetivo para os próximos dias é garantir que o maior número possível de crianças recebam a imunização contra o vírus. O avanço da variante Ômicron, que é mais contagiosa, é um fato que nos preocupa muito. E como a vida está sempre em primeiro lugar, resolvemos acelerar o processo de vacinação nestas duas próximas semanas para que a partir do dia 21 o maior número de alunos possa estar com a vacina no braço, o que vai garantir uma maior proteção contra esse vírus que já matou mais de 600 mil brasileiros”, disse o prefeito.

Juntamente à Secretaria de Saúde, a Prefeitura de Hortolândia estará levando a campanha de vacinação para as escolas, de maneira a agilizar o processo: “Ficou determinado que durante os próximos 15 dias faremos a vacinação dos alunos nas próprias escolas. Ainda nesta semana apresentaremos um cronograma, informando o dia exato que o aluno de determinada escola poderá receber a vacina”, afirmou Zezé.

A campanha de vacinação nas escolas deve começar na próxima segunda-feira (07), pela EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professor Cláudio Roberto Marques, localizada no Jardim Santana. O secretário municipal de Educação, Fernando Moraes, disse contar com o apoio dos pais para que o maior número de crianças possa ser vacinado dentro do prazo de retorno às aulas.

Segundo o diretor da saúde coletiva da cidade, Antonio Roberto Stivalli, Hortolândia tem cerca de 23 mil crianças. Dessas, pouco mais de 3 mil já receberam pelo menos uma dose de imunizante contra o coronavírus. À Prefeitura resta a difícil missão de vacinar em um curto período de tempo as mais de 20 mil crianças entre 5 a 11 anos que não receberam nenhuma dose do imunizante contra o coronavírus.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Agência Brasil

Comentários via Facebook