Hortolândia: Gêmeas de 90 anos sofrem maus-tratos e serão encaminhadas à instituição

A Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social realizou uma intervenção juntamente à Prefeitura de Hortolândia a um caso de maus-tratos de duas irmãs gêmeas de 90 anos que estavam vivendo em local insalubre.

O caso estava sendo acompanhado desde a última quarta-feira (16), e a SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) informou que o filho de uma das mulheres, de 50 anos, foi detido, ouvido e liberado em seguida.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Guarda Municipal, o Conselho Municipal do Idoso e o Departamento de Direitos Humanos compareceram ao local. As idosas foram encaminhadas à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Rosolém e estão sob observação.

A expectativa é que as irmãs sejam encaminhadas a uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, por meio do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social). A instituição deve prover os cuidados necessários para manter a qualidade de vida e dignidade de ambas, segundo a Prefeitura.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem ilustrativa: Agência Brasil

Comentários via Facebook