Prefeitura inaugura Espaço Afroempresarial no Shopping Hortolândia

Em cerimônia nessa terça-feira (29/03), prefeito Zezé Gomes destaca iniciativa pioneira do município em fomentar o afroempreendedorismo

Os afroempreendedores a partir de agora terão oportunidades para crescer e aparecer. Essa foi a tônica na inauguração do Espaço Afroempresarial, realizada pela Prefeitura de Hortolândia, na noite dessa terça-feira (30/03), no Shopping Hortolândia, onde o espaço está localizado.

O prefeito José Nazareno Zezé Gomes salientou a iniciativa pioneira do munícipio em apoiar o afroempreendedorismo. “Inauguramos, em parceria com a REAFRO (Rede Brasil Afroempreendedor), um espaço cedido pelo Shopping Hortolândia. O local tem por objetivo oferecer apoio e fomento ao afroempreendedorismo. É uma ferramenta importante para organização e fortalecimento de novos empreendimentos. Sem dúvida, Hortolândia sai na frente. Tenho certeza que a REAFRO contribuirá muito no surgimento de novos negócios, potencializando ainda mais o comércio e os serviços, com geração de emprego e renda em nossa cidade”, destacou Gomes.

Os afroempreendedores elogiaram a iniciativa da Prefeitura. A trancista Taila Gisele dos Santos considera o espaço importante para ela obter informações e orientações sobre como gerir seu negócio. “Eu gostaria de expandir meu salão. Futuramente, quero abrir uma loja de produtos para tranças. O espaço será importante para me orientar sobre a gestão do meu salão, finanças e outros assuntos”, destacou a trancista.  

 

COLABORATIVO

O Espaço Afroempresarial é gerenciado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, em parceria com a associação REAFRO (Rede Brasil Afroempreendedor). A proposta é de ser um local colaborativo para fomentar o afroempreendedorismo. O espaço também oferece infraestrutura para que afroempreendedores possam realizar reuniões de negócio, eventos presenciais e on-line e exposição de produtos e serviços. O espaço prevê ainda a realização de cursos de capacitação e formação para afroempreendedores. 

O espaço integra o programa “Afroempreendedor”, instituído pela Prefeitura de Hortolândia por meio da lei municipal 3.702, de 19 de novembro de 2019. Em virtude da pandemia do Coronavírus, a comissão do programa, formada por representantes da sociedade civil e do poder público, realizou reuniões on-line e elaborou um questionário para mapear e formar uma rede de afroempreendedores do município. Inicialmente, a rede foi formada por 20 afroempreendedores. Atualmente, a rede já conta com mais de 80 afroempreendedores, que atuam nos segmentos de estética, vestuário, gastronomia, música, tecnologia, comunicação visual, propaganda, entre outros.

Comentários via Facebook