Mulher é presa após agredir recém-nascido com socos na cabeça no Jardim Santa Eliza

A 1ª Cia da Polícia Militar de Sumaré recebeu um chamado na noite desta sexta-feira (1), informando a ocorrência de maus tratos. No local, uma testemunha informou que ouviu um choro de bebê, e ao sair para verificar avistou sua genitora agredindo o recém-nascido com socos na cabeça para ele parar de chorar.

Ao ser confrontada por vizinhos, a mulher respondeu com agressividade e ameaças, afirmando que estava procurando a chupeta do bebê. Pelo local, a equipe entrou em contato com a genitora, que negou as agressões e respondeu de forma ríspida e arrogante, utilizando palavras de baixo calão, dizendo não ter medo dos policiais e afirmando que bateria em todos caso fosse preciso.

Diante dos fatos, o bebê de 1 mês foi encaminhado ao CIS (Centro Integrado de Saúde) do Jardim Nova Veneza, onde a doutora que realizou o atendimento confirmou os mais tratos. A genitora então foi encaminhada à delegacia da cidade, onde permaneceu à disposição da justiça.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão

Comentários via Facebook