Vítima de explosão de gás morre após três dias internado

Hospital das Clínicas da Unicamp confirmou a morte de Nilton Aparecido da Silva de 59 anos na madrugada desta segunda-feira(25).

Na última sexta-feira(22) Nilton teve queimaduras de primeiro,  segundo e terceiro grau em mais de 70% do corpo após um botijão de gás explodir durante a troca em uma cozinha industrial numa fábrica de salgados. 

Nilton foi socorrido e levado pelo helicóptero Águia ao Hospital das Clínicas da Unicamp onde precisou ser intubado. Infelizmente ele não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã dessa segunda-feira (25).

As causas da explosão do botijão de gás estão sendo apuradas pela perícia. 

Direto da Redação 

TV HORTOLÂNDIA 

Comentários via Facebook