Produtos devem ficar ainda mais caros após novo aumento no preço do diesel

Com o anúncio de um aumento de 8,87% no preço do diesel nas refinarias, feito ontem (9) pela Petrobras, o preço de diversos produtos devem ficar ainda mais caros, visto que o custo do frete deve acompanhar o aumento.

O Diesel representa grande parte do custo operacional do transporte de cargas, e como o Brasil é um país extremamente dependente do transporte rodoviário, produtos de todos os nichos são afetados pelo preço do combustível.

De acordo com a Petrobras, este é o primeiro reajuste do combustível em 60 dias, e a justificativa para o aumento seria um aumento no balanço global de diesel, que enfrenta uma redução da oferta frente à demanda.

A empresa se pronunciou através de nota divulgada à imprensa: “Os estoques globais estão reduzidos e abaixo das mínimas sazonais dos últimos cinco anos nas principais regiões supridoras. Esse desequilíbrio resultou na elevação dos preços de diesel no mundo inteiro, com a valorização deste combustível muito acima da valorização do petróleo. A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta”, justificou.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Comentários via Facebook