Chinelo é encontrado durante buscas por assassino de estudante da Unicamp

Um par de chinelos e uma lona foram encontrados pela polícia em uma área de mata na Serra da Paulista, em São João da Boa Vista, nesta terça-feira (17). Os utensílios foram localizados com a ajuda de cães farejadores utilizados nas buscas pelo suspeito de assassinar a estudante da Unicamp, Mayara Roquetto Valentin, de apenas 23 anos.

Após farejar uma roupa do suspeito na pensão em que ele morava, o cão conseguiu indicar o trajeto até a lona e o par de chinelos. O suspeito, Michael Douglas da Silva, de 28 anos, ainda teria tentado assassinar uma moradora da pensão em que estava há 12 dias, mas por sorte a arma falhou.

O suspeito teria sido diagnosticado com esquizofrenia e foi deixado na pensão após tentar matar o padrasto. Nas paredes do quarto de Douglas foram encontrados símbolos nazistas e alusões ao Massacre de Suzano e a Lázaro Barbosa. Um mandado de prisão temporária já foi emitido, mas o suposto assassino ainda não foi encontrado.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Reprodução/Polícia Civil

Comentários via Facebook