Campanha do Agasalho de Hortolândia é lançada e conta com 38 pontos de entrega voluntária

Fundo Social informa que podem ser doadas roupas masculinas e femininas, para todas as idades, cobertores, roupas de cama, meias, gorros, calçados e toalhas
 

A festa pelos 31 anos de emancipação política de Hortolândia, celebrado no dia 19 de maio, contou com o lançamento oficial da Campanha do Agasalho 2022. Promovido pelo Fundo Social de Solidariedade, o trabalho busca a arrecadação de roupas e cobertores que serão destinados as pessoas em situação de vulnerabilidade social para se protegerem contra o frio.


O lançamento ocorreu durante a inauguração da ampliação do Parque Socioambiental Lago da Fé. A presidente do Fundo Social, Maria dos Anjos, destacou a importância da participação da comunidade em mais essa jornada para auxiliar as famílias mais carentes do município. “Neste ano, o frio chegou mais cedo e a Campanha do Agasalho vem justamente para preencher essa lacuna que existe em nossa sociedade e que, infelizmente, foi agravada nesses dois últimos anos por conta da pandemia da Covid-19. Muitas pessoas perderam empregos, além disso, a inflação vem corroendo o poder de compra de muitas famílias. Neste sentido, a solidariedade é o que vem fazendo a diferença em nossa cidade. Caso você tenha uma roupa, cobertor, blusa, em bom estado de conservação, doe e ajude aqueles que mais precisam”, afirmou Maria dos Anjos.


Neste ano, o Dia “D” de arrecadação está marcado para o dia 28 de maio, das 8h às 17h, na Secretária Municipal de Serviços Urbanos, localizada na rua Capitão Lourival Mey, 869, no Remanso Campineiro. “O Dia D será um momento de grande mobilização, onde montaremos uma tenda na Secretaria para que possamos receber a arrecadação de cobertores e roupas em bom estado de conservação”, explicou Maria.
Para a campanha, podem ser doadas roupas masculinas e femininas, para todas as idades, cobertores, roupas de cama, meias, gorros, sapatos e toalhas. “Ao realizar a doação, é importante certificar-se de que as peças estão em boas condições e limpas. Quando as peças chegam ao Fundo Social elas são separadas, devidamente embaladas e, posteriormente, encaminhadas para doação”, explicou.


Para facilitar a doação, o Fundo Social de Solidariedade espalhará caixas de coleta para entrega voluntária nos prédios públicos, como Prefeitura e Câmara, e em outros 36 pontos estratégicos do município. A doação também pode ser feita diretamente na sede do Fundo Social, na rua Benedito Francisco de Faria, 467, no Remanso Campineiro. CONFIRA OS LOCAIS

Comentários via Facebook