Criança presa em armário de banco: gerente pensou que ligação fosse trote

Um menino de 4 anos ficou preso no guarda-volumes de uma agência bancária de Holambra na noite deste sábado (28), enquanto tentava se esconder do irmão gêmeo no interior da agência do Banco Bradesco.

Ao ser fechada com força pelo irmão que estava do lado de fora do armário, a tranca fechou automaticamente. Jaqueline Fortes, mãe das crianças, bem como o garoto trancado ficaram desesperados quando perceberam que não era mais possível abrir a porta.

Segundo a GM (Guarda Municipal), esse tipo de porta pode ser destravada apenas com um cartão, e que a porta não deveria permanecer aberta sem a presença de um funcionário do banco no local. Ao informar o ocorrido via telefone, em um primeiro momento os funcionários do banco imaginavam que se tratasse de um trote.

Os agentes de segurança utilizaram um pé de cabra e uma enxada para arrombar a porta e liberar o garoto, que ficou preso por cerca de 30 minutos. Apesar do susto, ninguém se feriu.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Comentários via Facebook