Suspeito de matar GM dá entrada em UPA de Sumaré com ferimento de bala

Um suspeito de participar de um assalto que resultou na morte de um GM (Guarda Municipal) deu entrada em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sumaré na manhã de ontem (30), com um ferimento de bala na perna esquerda. Seguindo o protocolo, a equipe médica acionou Polícia Militar.

O homem é suspeito de participar do latrocínio no Jardim Flamboyant que desencadeou a morte do Guarda Municipal Robinson Costa Franco, de 47 anos, na última sexta-feira (27). Robinson baleou e matou um dos assaltantes, mas também foi atingido e não resistiu aos ferimentos. Ele era casado e deixa dois filhos, de 20 e 25 anos.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem ilustrativa: Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook