GM é afastado após matar homem com surto psicótico em Vinhedo

A guarda municipal de Vinhedo afastou um agente no último final de semana após ele atirar e matar um homem de 27 anos durante uma operação. A vítima estava em surto psicótico, segundo a Guarda Municipal. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu no mesmo dia.

O método aconteceu na última sexta-feira (10), mas o caso só foi confirmado neste domingo (12).

O caso só foi confirmado neste domingo (12), mas aconteceu na última sexta-feira (10).

De acordo com a GM, as equipes foram acionadas para dar suporte ao corpo de bombeiros, que estava atendendo um homem que sofria de um surto psicótico. O homem estava na Avenida Independência próximo à rodoviária.

Segundo a Guarda Municipal, o homem tinha duas barras de ferro e batia contra carros que passavam. Os agentes tentaram dialogar com o homem, mas ele atacou um guarda que retaliou atingindo o homem com tiros na perna e no peito.

 

O homem foi socorrido pelos bombeiros e encaminhado até a Santa Casa de Vinhedo, mas não resistiu e morreu no hospital. A guarda municipal recebeu atendimento médico em uma UPA (unidade de pronto atendimento) e foi liberado.

Testemunhas foram ouvidas no local e o caso foi encaminhado à Delegacia de Vinhedo.

Comentários via Facebook