Acerto de contas é possível motivo do assassinato de um presidiário no Jardim Mirante

Um homem foi morto no final da tarde dessa quarta-feira (14) em Hortolândia dentro de uma barbearia. A vítima de 52 anos era presidiário e tinha recebido o benefício da saidinha. Ele tinha entrado na barbearia de um parente para cortar cabelo, quando uma moto parou em frente do comércio com duas pessoas. O garupa desceu da motocicleta, entrou e pediu para que o sobrinho da vítima saída da frente do homem que era alvo.

Foram feitos mais de sete disparos de arma de fogo. Como a barbearia fica próximo ao Hospital Mario Covas, ele foi urgentemente atendido, mas não resistiu aos ferimentos e no início da noite foi constatado óbito. A Polícia Civil já está investigando o caso e a principal suspeita é de que o crime tenha sido motivado por um acerto de conta.

Em menos de 48 horas essa foi a segunda morte de presidiário que recebeu benefício da saidinha e foi morto. 

Direto da Redação

TV HORTOLÂNDIA

Comentários via Facebook