Piracicaba: Assassino não tinha motivação para matar, diz PM

Segundo a Polícia Militar de Piracicaba, o assassino que esfaqueou seis pessoas em um ônibus da linha 444 em Piracicaba não tinha motivação para ter realizado o crime, que aconteceu na tarde desta terça-feira (21).

Durante a ação, o criminoso, que tinha passagem pela polícia, acertou com facadas seis vítimas, dessas três vieram a falecer. De acordo com a PM, o que se sabe até o momento é que assassino não tinha nenhuma relação com as pessoas que atingiu, ele fez de forma aleatória, a corporação ainda disse que sem a intervenção da própria PM, o homem poderia ter esfaqueado mais pessoas.

As informações sobre o homem que a polícia divulgou até o momento é que ele mora sozinho e já teve passagem pela polícia.

Segundo a delegada que cuida do caso, Juliana Ricci, o assassino tinha falas desconexas mas não se sabe se estava sobre uso de drogas.

As vítimas fatais foram identificadas como Adriana Coelho da Silva de 42 anos, Roseli Ramalho Ferreira de 55 anos e Valdemar da Silva Venâncio de 68 anos

Comentários via Facebook