Concessionárias são contrárias ao congelamento da tarifa dos pedágios em SP

Após o anúncio do congelamento dos preços das tarifas nos pedágios de SP nesta última quarta-feira (29), diversas concessionárias afetadas deverão apresentar propostas de compensação. Uma reunião para discutir o assunto já está marcada para a próxima segunda-feira (4).

De acordo com a Secretaria de Logística e Transportes do Estado, a tarifa deveria ser reajustada em até 11,73% baseando-se no IPCA para compensar as perdas geradas pela inflação nos últimos 12 meses. O governo estadual, entretanto, impediu reajustes até o fim do ano em razão da piora do cenário econômico.

Segundo o secretário de governo, Marcos Penido, uma reunião entre os representantes do governo e a ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias) já foi realizada. A entidade se posicionou, informando que as concessionárias são contrárias à decisão do governo de São Paulo. O setor pode adotar medidas judiciais justificando riscos à sustentabilidade das concessões.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Marcos Santos/USP Imagens

Comentários via Facebook