Sumaré tem vagas para Bolsa Trabalho no valor de R$ 540 por mês

As inscrições para o Bolsa Trabalho, programa do Governo do Estado que atende cidadãos desempregados, serão abertas no próximo dia 15 e seguem até o dia 19 de julho.

Além do site disponível para inscrição,   https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/ , o “É Pra Já”, vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Sumaré, oferece auxílio aos moradores que encontrarem dificuldades em fazer a inscrição ou que que não possuam acesso a computador e à internet. O “É Pra Já” está localizado na Rua Ipiranga, nº 316, região central, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Vale ressaltar que para se inscrever é preciso ser morador de Sumaré, estar desempregado, ter a partir de 18 anos de idade e renda familiar de até R$550 por pessoa. São solicitados documentos como RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de endereço.

Coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, o Bolsa Trabalho tem como objetivo proporcionar ocupação, qualificação profissional e renda aos cidadãos em situação de vulnerabilidade social, residentes no Estado de São Paulo.

Os participantes prestam serviços nos órgãos públicos, conforme direcionamento municipal, realizam curso de qualificação profissional e recebem mensalmente a bolsa auxílio de R$ 540,00 durante os cinco meses de duração do programa.

Podem participar trabalhadores desempregados que não sejam beneficiários do Seguro-Desemprego ou qualquer outro programa assistencial equivalente, com renda de até meio salário mínimo por pessoa, e residentes do Estado de São Paulo há no mínimo dois anos.

Serviço

O que: Inscrições Bolsa Trabalho 

Onde: www.bolsadopovo.sp.gov.br

Para quem: maiores de 18 anos residentes no estado de São Paulo por mais de dois anos, desempregados, sem seguro-desemprego ou programa assistencial equivalente com renda de até meio salário mínimo por pessoa.

Quando: de 15 a 19 de julho

Mais informações: É pra Já – Rua Ipiranga, 316, Centro. Telefone (19) 3803-3003.

Comentários via Facebook