Total de cotistas da Unicamp aumenta 91% em 5 anos

Segundo levantamento realizado pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), o número total de estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indigenas teve um aumento de 91% nos últimos cinco anos, mesmo período da adoção da lei de cotas raciais e étnicas no país.

A proporção de alunos que realizaram a autodeclaração subiu de 14,8% para 26,5%. Em 2017 eram 30.264 alunos matriculados, sendo 4.484 cotistas. Já em 2022 o número é de 32.360 alunos, sendo 8.575 cotistas – um aumento de 91%.

Analisando somente o número de alunos autodeclarados pretos nos cursos de graduação, o grupo ocupa 29,3% do total de vagas. Apenas 3.396 pessoas não declararam cor no momento da matrícula.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Thomaz Marostegan/Unicamp

Comentários via Facebook