Assassino de idoso é condenado a 14 anos de prisão em Nova Odessa

Nilton Roberto dos Santos Filho foi condenado a 14 anos e quatro meses de prisão pelo roubo e assassinato do idoso Antônio Adalto da Rocha, de 61 anos. O crime aconteceu em agosto de 2020, no Parque Triunfo.

O julgamento do criminoso aconteceu no último dia 20. Em vez de ser julgado por latrocínio, o homem foi declarado culpado de homicídio simples e furto – o advogado ainda pode recorrer.

A tortura teria começado por volta das 19 horas. O criminoso amordaçou e imobilizou o idoso, o espancou com socos e pontapés e pressionou uma cadeira contra o pescoço de Antônio, que foi sufocado e sofreu perfurações. De acordo com as investigações a causa da morte foi traumatismo craniano.

Após o assassinato, Nilton e um comparsa furtaram diversos objetos da residência incluindo eletrodomésticos e televisores. Além disso, a dupla fugiu com o carro da vítima, que foi abandonado e queimado em Monte Mor. O criminoso foi preso apenas oito meses depois, em Tatuapé.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão

Comentários via Facebook