Utilização de máscaras em escolas de Campinas passa a ser facultativa

A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, por meio do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus (covid-19), entendeu que a partir de quarta-feira, 27 de julho, o uso de máscaras em escolas passa a ser facultativo. O decreto será publicado no Diário Oficial do Município de amanhã.
 
 
A decisão foi tomada após análise da situação epidemiológica da covid-19 e demais doenças respiratórias, que estão em tendência de queda. As internações hospitalares infantis por Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAGs) e os atendimentos de sintomáticos respiratórios na faixa etária escolar também estão diminuindo.
 
 
A obrigatoriedade do uso de máscaras fica mantida em serviços de saúde, Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), terminais e veículos do transporte público e também por pessoas suspeitas ou confirmadas de doenças respiratórias transmissíveis, seja em ambientes abertos ou fechados.
 
 
A Secretaria Municipal de Saúde recomenda a manutenção do uso para pessoas vulneráveis, tais como idosos, gestantes e imunossuprimidos.
 
 
Assim como o uso da máscara, é imprescindível que a população complete o seu ciclo vacinal contra o novo coronavírus, tanto para o primeiro ciclo quanto para as doses adicionais. As vacinas são aplicadas em 65 Centros de Saúde da cidade, sem necessidade de agendamento prévio.

Imagem e informações: Prefeitura de Campinas
Comentários via Facebook