Mãe de detento envia LSD em fatia de mortadela para o presídio de Hortolândia

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), policiais penais do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia encontraram 275 micropontos de LSD dentro de uma mortadela. O flagrante ocorreu hoje, 3, durante o procedimento de revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos.
No caso desta ocorrência, a remetente está cadastrada no rol de visitas como mãe de um custodiado. O material apreendido foi encaminhado para a delegacia, onde foi feito o boletim de ocorrência. O preso que receberia o alimento foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar.

A SAP informou que as pessoas flagradas tentando introduzir ilícitos no sistema prisional são suspensas do rol de visitas temporariamente.

Comentários via Facebook