Hortolândia terá novo hospital particular

As obras e intervenções de infraestrutura viária realizadas pela Prefeitura de Hortolândia atraem a vinda de novas empresas, que contribuem para o desenvolvimento do município. Um exemplo disso é o hospital particular Bela Aliança Hortolândia. O prefeito José Nazareno Zezé Gomes se reuniu com os diretores do empreendimento, no Paço Municipal, nesta quinta-feira (04/08). No encontro, foi apresentado o projeto da futura unidade hospitalar para o prefeito. De acordo com os diretores, o investimento na construção do hospital será em torno de R$ 20 milhões. O empreendimento também impactará na economia da cidade com a geração de empregos. De acordo com os diretores, o hospital deverá abrir 350 vagas diretas de emprego. 

O hospital ficará na esquina da avenida da Emancipação com a rua dos Estudantes, no prédio onde, no passado, já funcionou um shopping. Assim que o projeto for aprovado pela Prefeitura, a  previsão de início das obras é para este ano. Ainda de acordo com os diretores, a primeira fase das obras está prevista para ser concluída no primeiro semestre de 2023. O hospital deverá ficar pronto em 2024. 

De acordo com um dos sócios-diretores do empreendimento, Adilson Bonatto, a decisão de investir na construção do hospital em Hortolândia foi em razão das obras realizadas na cidade. “O prefeito Zezé Gomes nos apresentou o projeto das obras já concluídas e das que estão em andamento e ficamos impressionados. Ao circularmos por Hortolândia, vimos que a cidade tem grande potencial econômico”, destaca Bonatto.

O diretor explica que o hospital sera equipado com tecnologia de última geração para atendimento ambulatorial até casos de alta complexidade, que envolvam a realização de procedimentos e exames, tais como hemodiálise, cateterismo, tomografia, mamografia, ultrassonografia, entre outros. 

“Iremos atender desde os casos mais simples até os de alta complexidade. O objetivo é ter 100% de resolutividade. E com isso evitar que os pacientes tenham que se deslocar para outras cidades da região para fazer exames”, salienta Bonatto.   

Primeira fase

De acordo com a assessora do empreendimento, Jacqueline Andreguete, na primeira fase, o hospital terá 30 leitos de enfermagem e 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). “Após a conclusão das obras, a previsão é que o hospital tenha um total de 100 leitos. De acordo com nossas estimativas, o hospital realizará, por mês, cerca de 5.000 atendimentos ambulatoriais, e deve receber em torno de 300 internações”, destaca Jacqueline. Além disso, o hospital terá plano de saúde próprio.    

O prefeito Zezé Gomes destaca que a implantação do novo hospital trará benefícios para a saúde da população. “Com certeza, o novo hospital Bela Alinaça irá melhorar muito a qualidade de vida dos moradores. Será um hospital de muita qualidade e que somará muito na área da saúde. O hospital também vai impactar de maneira positiva na economia da cidade. Quando estiver pronto, a unidade hospitalar vai gerar 350 vagas de emprego diretas e renda. É por esse motivo que a Prefeitura continua a trabalhar para atrair mais empresas, e fazer com que a cidade siga crescendo com desenvolvimento humano e sustentável”, destacou Zezé Gomes.

A vinda do novo hospital será uma importante conquista para a população, ressalta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, João Pereira da Silva. “Será um hospital de primeira linha que vai atender a demanda médica de alta complexidade. Outro fator positivo é a localização. O hospital ficará numa região que é um eixo viário privilegiado. A implantação do novo hospital também é benéfica para a economia do município, contribuindo para a geração de renda. O papel da Prefeitura é justamente esse, possibilitar a vinda de novas empresas para manter o munícipio na trilha do desenvolvimento, com qualidade de vida para a população”, salienta o secretário.

A vinda do novo hospital vai agregar mais uma opção de atendimento médico para a população, destaca o secretário adjunto de Saúde, Leandro da Silva Severino. “O novo hospital será um ganho para o município e a população, que passará a contar com mais uma opção de atendimento médico com alta tecnologia. A vinda dessa nova unidade hospitalar também abrirá a possibilidade de parcerias com a Prefeitura na rede municipal de saúde. Os diretores do hospital viram o potencial da cidade, que pode vir a se tornar um polo de saúde na região. O município já conta com outros dois hospitais, um público e outro particular”, ressalta o secretário adjunto.

Comentários via Facebook