Vigilância Sanitária interdita loja por material vencido e adulterado em Campinas

A equipe da Coordenadoria de Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, interditou, na manhã desta segunda-feira, 15 de agosto, uma loja de cosméticos no Centro, após denúncia recebida pelo telefone 156. O estabelecimento estava comercializando produtos vencidos, com datas de validade adulteradas ou ilegíveis e embalagens violadas. Além disso, o local estava em condições precárias de higiene.

A coordenadora do Setor de Produtos da Vigilância Sanitária, Ana Heloísa Vieira, conta que os produtos vencidos, sem data ou com rótulo adulterado, representavam mais da metade do estoque disponível na loja. A maior parte era de produtos para cabelos. Os números totais ainda serão contabilizados.

Recebemos a denúncia, fomos ao local conferir e foi constatada a irregularidade. Esses produtos oferecem riscos à saúde das pessoas, podem causar alergias, intoxicações, danos à pele, entre outros”, explica Ana Heloísa.

A partir de agora, o estabelecimento tem dez dias para apresentar recurso. De qualquer forma, permanecerá interditado até que descarte corretamente todo material vencido ou adulterado, por meio de uma empresa especializada, com acompanhamento da equipe da Vigilância Sanitária.

Além dos produtos com data de validade adulterada, o local estava em más condições de higiene na cozinha, onde os funcionários faziam as refeições. A mesma condição foi verificada no sanitário e na área de armazenamento dos produtos. Por essa situação, o estabelecimento também recebeu auto de infração, e deve deixar o local em condições de salubridade.

Comentários via Facebook