Dois vereadores de Hortolândia foram presos na manhã dessa quinta. Entenda o que houve

Na manhã desta quinta-feira (18), dois vereadores e um assessor da Câmara de Hortolândia foram detidos por suspeita de envolvimento em “rachadinha”, um esquema em que uma parte dos salários dos assessores é paga aos respectivos vereadores.

O 10º Batalhão de Operações Especiais da Polícia (BAEP), sediado em Piracicaba, cumpriu os mandados de prisão solicitados pelo 3º Gabinete de Promoção da Justiça de Hortolândia.

De acordo com informações preliminares foi apurado que os alvos da operação são os vereadores Enoque Leal Moura (MDB) e Márcia Campos (PSB).O nome do assessor ainda não foi divulgado .

Comentários via Facebook