Vereadora Márcia é solta após ser presa por suspeita de ‘rachadinha’

O Tribunal de Justiça concedeu o habeas corpus à vereadora Márcia Campos (PSB) e ao assessor parlamentar Isaac Santos Souza, nesta terça-feira (23). Eles serão liberados da prisão em breve.

A vereadora ficará afastada do cargo e assim como Isaac, estará proibida de se aproximar da Câmara Municipal e da Prefeitura de Hortolândia. Os dois são acusados de participar de esquema de ‘rachadinha’, quando o parlamentar contrata um assessor com a exigência de ficar com parte do salário.

Na última sexta-feira (24), o vereador Enoque Leal Moura (MDB) também teve seu pedido de habeas corpus concedido após ser preso por ‘rachadinha’.

O caso

A vereadora é acusada de pedir transferências de mais de R$ 1.000 à assessora parlamentar, a funcionária transferiu os valores para a ONG Cão Feliz, na qual a vereadora é proprietária, após a parlamentar transferiu o dinheiro para sua conta pessoal. Isaac teria ajudado a vereadora nos acordos de ‘rachadinha’.

Comentários via Facebook