Hortolândia capta mais de 3.000 vagas de emprego desde início do ano

Órgão registrou aumento de 175% de vagas captadas em relação ao mesmo período do ano passado 

Hortolândia segue em ritmo de retomada do crescimento econômico. Um sinal positivo, que indica a recuperação do município, é a quantidade de vagas de emprego oferecidas neste ano pelo PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), órgão estadual com o qual a Prefeitura tem convênio. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, de janeiro a agosto, o órgão captou 3.112 vagas. Isso representa aumento de 175% em relação à quantidade de vagas captadas no mesmo período do ano passado, que foi de 1.776.

Outro indicador que mostra que Hortolândia tem retomado a geração de emprego são os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) referentes a julho, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência. O levantamento aponta que foram feitas 1.956 admissões e 1.601 demissões. Com isso, o saldo de empregos registrado pelo município foi de 355. 

Para o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Dimas Corrêa Pádua, esse aumento na oferta de vagas de emprego resulta das ações e políticas públicas realizadas pela Prefeitura para alavancar a retomada do crescimento econômico do município pós-pandemia, em especial dos setores de serviços e comércio. 

“Esses números positivos de geração de emprego mostram que Hortolândia está recuperando, gradativamente, a atividade econômica. Por isso é importante que a Prefeitura fomente a retomada dos setores de serviços e de comércio, que costumam empregar muitas pessoas. Com o crescimento de vagas de emprego, a população passa a ter mais renda e esse é um fator importante para atrair a vinda de mais empresas para o município”, destaca o secretário adjunto. 

Outras ações 

Outro dado positivo que indica a retomada econômica de Hortolândia é a marca de mais de R$ 1 milhão de empréstimos feitos para empreendedores da cidade pelo Banco do Povo, órgão vinculado à Prefeitura. 

Em paralelo ao trabalho para atrair novas empresas para o município, a Prefeitura de Hortolândia realiza outras ações para fomentar a retomada econômica pós-pandemia.

Para impulsionar a atuação de empreendedores no comércio on-line, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação em parceria com a empresa Americanas Marketplace promoveu em maio deste ano um workshop sobre vendas on-line. O worshop resultou do programa “Agentes de Desenvolvimento Local”, criado pela Prefeitura, em 2021. 

O projeto realiza visita às lojas de diferentes regiões do município. O objetivo é fomentar o comércio local, mapear e levantar a quantidade de estabelecimentos existentes, aproximar a Prefeitura dos empreendedores e acolher suas demandas. A partir da coleta de dados feita nas visitas junto aos lojistas, a Prefeitura definirá e traçará estratégias e ações específicas para cada região da cidade. 

Nas visitas, os agentes também explicam que a Prefeitura tem cinco órgãos de fomento e apoio ao empreendedorismo e ao trabalhador: quatro ficam dentro do HORTOFÁCIL – Banco do Povo, Casa do Empreendedor, PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) e Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) Aqui, e um que fica dentro do Shopping Hortolândia – Centro Afroempresarial.

Comentários via Facebook