O que vai acontecer com Hortolândia se Lula for eleito?

A cidade de Hortolândia foi considerada o ponto vermelho do Estado de São Paulo por ter sido a cidade administrada pelo PT que mais cresceu no Brasil nos últimos anos. Orgulho de administração publica, Hortolândia deixou de ser cidade dormitório e passou a ser um dos mais importantes polos tecnológicos do país com grandes empresas e muitos investimentos. 

Porém o petismo na cidade diminuiu quando o ex Prefeito Ângelo Perugini saiu do partido e filiou-se ao PDT. Naquele momento o ex-prefeito petista Antônio Meira passou a ser investigado e chegou a ter computadores apreendidos pela Polícia Federal numa investigação. O resultado da investigação foi: Meira passou a ser inelegível por oito anos. 

Os anos se passaram a a cidade de Hortolândia mesmo tendo ligações com partidos de Esquerda não parou de crescer. Empréstimos foram feitos que garantiram grandes investimentos na infraestrutura da cidade. Durante a pandemia, Hortolândia foi a cidade que mais empregou devido ao crescimento socioeconômico expoente da cidade. 

O que se pode concluir é que a gestão publica de Hortolândia atualmente consegue articular com todas as instituições que podem garantir investimentos à cidade e que independente de quem está governando o Brasil, a cidade não vai parar de crescer, mas é claro que se o líder maior estiver em acordo com as mesmas ideologias dos líderes locais em conjunto com a estruturação administrativa e técnica mais recursos poderão chegar a cidade que tem sido planejada para ser a melhor cidade da Região Metropolitana de Campinas para os próximos anos. 

Comentários via Facebook