Crianças de escolas municipais ajudam a plantar mudas de árvores em escolas em Hortolândia

Plantar, cuidar e acompanhar o crescimento. Com este propósito, crianças de escolas da Prefeitura de Hortolândia participaram do plantio de cerca de 30 mudas de árvores nativas do Brasil em duas unidades educacionais: as Emefs (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Helena Futava Takahash, no Jd. Campos Verdes, e Villagio Ghiraldelli, no bairro de mesmo nome. A ação é mais uma etapa do Projeto de Arborização e Paisagismo, em realização pela Administração Municipal, que, na semana passada, promoveu o plantio de 28 mudas em calçadas e quintais das residências das famílias de estudantes.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Na Emef Helena foram plantadas, nesta sexta-feira (02/12), 16 mudas de duas espécies: Manacás da serra e Ipês rosas e brancos. Já na Emef Villagio, o plantio, nesta segunda-feira (05/12), de 13 mudas, teve também uma espécie frutífera. No âmbito da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o Projeto de Arborização se associa ao projeto de educação ambiental Vivárvore!, realizado na rede municipal de ensino, alinhado à diretiva “Arborização Urbana” (AU7) do Programa Município VerdeAzul, do Governo de São Paulo.

Na Emef Helena Futava, o primeiro ano da professora Bianca apresentou um poema, intitulado “As Árvores”, escrito por eles, ao plantar uma Pitangueira (leia abaixo). A ideia partiu das próprias crianças que desejaram acompanhar o desenvolvimento da árvore até o quinto ano.

“Eu achei muito importante plantar as árvores, porque elas ajudam a deixar o ar mais leve e saudável. Além de deixar a escola muito mais bonita, quando tiver atividade ali fora, vai dar sombra pras crianças, e também a árvore é casa para os bichinhos”, ensinou Gabryelli Cristina Braga dos Santos, do 5º A, da Emef Helena.

“Eu gostei bastante do projeto da árvore. A gente precisa muito dessas árvores para que o meio ambiente fique cada vez maior. Isso ajuda o ar, ajuda a gente a respirar e elimina algumas doenças. A árvore pode ajudar em várias coisas, como respiração, purificação, o ar fica mais saudável, e também, as árvores podem dar mais sombra. Cada árvore que se planta, o ar fica melhor pra se respirar”, complementou a colega Flávia Prates, do 5º A da Emef Helena.

“Achei a experiência fantástica, as crianças adoraram participar do plantio, algumas delas nunca tinham plantado nada. No Projeto Gota d’Água (realizado pelo Consórcio PCJ-Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, em parceria com a Prefeitura), esse ano nós trabalhamos a ODS 6 e a ODS 13. A 13 fala sobre quais ações que nós podemos ter para evitar essas mudanças climáticas que estão acontecendo tão frequentemente. Uma das ações que o vídeo da própria ODS trazia era sobre o plantio de árvores. Então, nós fizemos o plantio de uma árvore na escola e as crianças que estão no primeiro ano poderão acompanhar o crescimento dessa árvore nos próximos quatro anos que eles permaneceram na escola”, afirmou a professora Bianca Priscilla Amaral de Moraes, da Emef Helena Futava

Para a professora de referência, responsável por projetos de educação ambiental do Centro de Formação “Paulo Freire”, Maybe Letícia Lordano de Freitas, esta foi uma grande oportunidade para relembrar temas desenvolvidos com o projeto Vivárvore. “As crianças tinham de forma clara todo o contexto trabalhado no projeto, que foi refletido na ação do plantio com o trabalho também dos professores e da escola. É um trabalho que renderá feitos a longo prazo e que deixa desde já a sua marca na comunidade escolar com a educação! O trabalho na Emef Villgio Ghiraldelli não foi diferente e aconteceu com oito turmas, que plantaram mudas de Ipê branco e Manacá da serra com entusiasmo e alegria, com os saberes sendo compartilhados nesta ação concreta, também numa ação intersetorial”, destacou Maybe.

Conheça o Projeto de Arborização e Paisagismo

A meta da Administração Municipal com o Projeto de Arborização e Paisagismo é, até 2024, espalhar mais de 50.000 mudas de árvores em calçadas e áreas verdes da cidade. Entre os objetivos do projeto está o de preservar espécies nativas da flora nacional, tornando a cidade mais verde e agradável para os animais da fauna local e regional e para a comunidade. As ações começaram em maio deste ano e são coordenadas pela Secretaria de Obras, envolvendo todas as secretarias municipais.

Este projeto atende aos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) estabelecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas) e permite a compensação ambiental das obras que compõem o Programa de Infraestrutura Urbana e Desenvolvimento Sustentável. Deste modo, a Administração Municipal projeta Hortolândia para os próximos 30 anos, com desenvolvimento econômico e equilíbrio ambiental, tornando-a uma cidade inteligente e sustentável.

Confira as principais ações do projeto de Arborização e Paisagismo:

• Plantio de mais de 50 mil mudas de árvores nativas e frutíferas, para melhorar o ar que respiramos e criar pequenos bolsões de floresta nativa, atraindo pássaros e pequenos animais silvestres;

• Criar paisagismo nas principais avenidas do município, plantando de forma ordenada várias espécies de árvores, embelezando a cidade;

• Criar vários canteiros floridos na cidade, com flores que deixam nossa cidade mais colorida;

• Plantio nas calçadas das casas, escolas e postos de saúde, para gerar abrigo do sol;

• Incentivo de atividades educacionais e ambientais envolvendo outras secretarias e à comunidade.

Poema “As Árvores”

“As árvores são amigas.

Purificam o ar.

Acolhem os pássaros

Que nelas vem cantar.

Alegram as crianças

Quem em sua sombra vem brincar.”

Comentários via Facebook