Em meio à crise, Google anuncia demissão de 12 mil funcionários

A empresa matriz do Google, a Alphabet, anunciou nesta sexta-feira (20) um plano global para cortar 12 mil funcionários, seguindo a tendência de outras “big techs” de aplicar uma reestruturação em larga escala.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

A medida afeta equipes em toda a empresa, incluindo recrutamento e algumas funções corporativas, bem como algumas equipes de engenharia e produtos. O corte representa cerca de 6% de sua força de trabalho, segundo a agência de notícias Reuters.

“Decidimos reduzir nossa força de trabalho em aproximadamente 12 mil empregos”, disse o CEO da Alphabet, Sundar Pichai, em um e-mail enviado aos funcionários.

Na mensagem, Pichai afirma que as demissões são uma resposta a “uma realidade econômica distinta, que enfrentamos hoje”.

“Os postos que estamos removendo refletem o resultado dessa revisão. O fato de essas mudanças terem um impacto na vida dos ‘Googlers’ pesa muito sobre mim e assumo toda a responsabilidade pelas decisões que nos trouxeram até aqui”, acrescentou o CEO.

O anúncio ocorreu um dia depois de a Microsoft divulgar seu plano de demitir 10 mil trabalhadores nos próximos meses.

Outras grandes empresas de tecnologia, como Meta, proprietária do Facebook, Amazon e Twitter, já haviam informado planos de corte de funcionários, também sob a justificativa de que o setor enfrenta turbulências econômicas. 

As demissões atingem a equipe dos EUA imediatamente. A Alphabet já enviou um e-mail aos funcionários afetados, disse o memorando, enquanto o processo levará mais tempo em outros países devido às leis e práticas trabalhistas locais.

“Fizemos uma revisão rigorosa em todas as áreas de produtos e atividades para garantir que nosso pessoal e nossos cargos estejam alinhados com nossas prioridades mais importantes como empresa”, escreveu Pichai.

Durante anos, a Alphabet atraiu os melhores talentos para desenvolver o Google, o YouTube e outros produtos que alcançam bilhões de usuários, mas agora está travada na concorrência com a Microsoft Corp em uma área florescente conhecida como inteligência artificial generativa.

Temporal desta quinta-feira pode ter sido o segundo maior da história da cidade

A forte tempestade que atingiu Campinas nesta quinta-feira, totalizando 125mm de acordo com dados do Cemaden, o Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, pode ter sido a segunda maior da história da cidade.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Em entrevista, a meteorologista e pesquisadora do Cepagri da Unicamp, Ana Ávila, lembrou que a maior tempestade registrada na cidade foi em 17 de fevereiro de 2003, quando caíram 140mm em apenas um dia, causando a morte de quatro pessoas no dia, e de um bombeiro que se afogou e não resistiu após ficar dois dias internado ao tentar resgatar uma pessoa na Avenida Princesa d’Oeste.

Ana Ávila explicou que há uma série de fenômenos meteorológicos atuando ao mesmo tempo no país, como um aumento de umidade, o calor aqui da região e um corredor de nuvens que vem da Amazônia. Aí, quando há o choque dessas nuvens, que são mais frias, com o calor que faz aqui no solo, a chuva vem de forma intensa.

Segundo a Defesa Civil, choveu 99 milímetros em uma hora aqui na cidade. É um dos maiores índices em tão pouco tempo registrados na história do município. 

A pesquisadora explica o que isso significa na prática.

Temporal provoca alagamentos e mais estragos em Campinas

Motoristas e pedestres enfrentaram mais uma noite com muita chuva e estragos em Campinas. A Defesa Civil registrou 99,8 milímetros de chuva na metrópole no período de uma hora nesta quinta-feira. 

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Na região do Balão do Curtume, na Vila Industrial, dois motociclistas caíram ao tentar atravessar a correnteza e as motos foram arrastadas. Na região central, a Rua Barão de Jaguara foi tomada pelas águas e um carro caiu e ficou preso em um buraco que voltou a abrir na via. Um motorista que trafegava por uma ponte no Jardim Iraci, entre o Jd. Bandeiras 2 e o Jd. São José, caiu em um córrego após a ponte ceder. A assessoria da Prefeitura de Campinas informou que o motorista conseguiu sair do carro sem ferimentos. A correnteza arrastou o veículo.

Durante o temporal, parte do forro do Campinas Shopping desabou e corredores ficaram alagados.  A assessoria do centro de compras informou que o motivo foi o acúmulo de água na tubulação pluvial, mas o shopping permaneceu aberto e uma equipe de administração deu suporte aos lojistas e clientes.

A Emdec registrou onze pontos de alagamentos até as 19h nas Avenidas Princesa D’Oeste, Amoreiras, John Boyd Dunlop, Orosimbo Maia, Dr. Heitor Penteado, Dr. Carlos de Campos e na Rua Padre Donizete.

A Defesa Civil de Campinas registrou 34 ocorrências até as 20h, sendo 16 alagamentos em imóveis, duas quedas de árvore, 2 árvores em risco, 4 imóveis em risco, 3 erosões em via pública, 3 muros em risco, 3 quedas de muro, 1 queda de ponte. As regiões mais afetadas foram a Sudoeste e a Sul.

Bolsonaro pagou R$ 109 mil em restaurante que oferece marmita a R$ 17

Entre os R$ 27,6 milhões gastos com cartões corporativos da Presidência da
República no governo Bolsonaro, chama a atenção um gasto de R$ 109.266,00
no modesto restaurante Sabor de Casa, localizado no centro de Boa Vista, em
Roraima, em um único dia, 26 de outubro de 2021.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

É a maior despesa única com alimentação registrada em um cartão da
Presidência durante mandato de Jair Bolsonaro (2019-2022).

A legislação determina que os dados da Presidência sejam tornados públicos
ao fim do mandato presidencial e eles foram divulgados no último dia 6. A
agência de dados especializada no acesso a informações públicas, Fiquem
Sabendo, noticiou hoje (12) a divulgação da lista pelo governo.

O Sabor de Casa é um restaurante que oferece marmita nas versões
econômica (R$ 17) e tradicional (R$ 23). O carro chefe da casa é o frango
assado com farofa e baião, que serve pelo menos três pessoas e custa R$ 50.

Com o valor pago pela Presidência da República no estabelecimento, teria
sido possível comprar 6,4 mil marmitas econômicas. Ou então 4,7 mil marmitas
tradicionais. Ou, ainda, 2,1 mil encomendas do frango assado com farofa e
baião.

A reportagem perguntou, então, como kits de lanche e almoço entregues no
dia de uma visita do presidente à cidade puderam custar R$ 109,2 mil.
“Não lembro exatamente a quantidade, mas foi um serviço que entregamos
direitinho e que seguiu o padrão de preços da cidade”, disse.
Kits e marmita

Rizzo pediu à reportagem que entrasse em contato novamente no meio da
manhã desta quinta-feira, para detalhar melhor os itens entregues na compra
feita com o cartão corporativo da Presidência, mas não respondeu mais aos
contatos do UOL.

No início da tarde, ela ligou informando que gostaria de detalhar o que
forneceu à equipe do presidente: 659 marmitas de almoço ao custo de R$ 30,
cada, e quase 3 mil kits de lanche com sanduíche, água, maça e barra de
cereal, ao custo de R$ 30, cada.

Segundo ela, o pedido também incluiu algumas garrafas de água, refrigerante
e barras de cereal.

“Tudo o que foi comprado foi discriminado na nota. Se você me perguntar se
havia 659 pessoas para comerem as marmitas ou 3 mil para comerem os kits,
eu não posso responder. Entreguei a encomenda às 5h da manhã no quartel e
fui trabalhar”, afirmou.

Gastos de cartões corporativos da Presidência na gestão Jair Bolsonaro totalizam R$ 27,6 milhões em quatro anos

O governo federal divulgou o detalhamento dos gastos em cartões corporativos da Presidência da República durante o governo do presidente Jair Bolsonaro.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Os dados foram incluídos no último dia 6 no repositório de informações classificadas da Secretaria-Geral da Presidência da República, e identificados nesta semana pela agência de dados públicos Fiquem Sabendo – especializada em pedidos pela Lei de Acesso à Informação (LAI).

O governo também hospedou, nesse link, os gastos com cartões da Presidência desde 2003 – primeiro ano do primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Esses dados já eram públicos, mas não estavam hospedados de forma organizada em site do governo.

Os dados divulgados mostram que a gestão Jair Bolsonaro gastou R$ 27,6 milhões em cartões corporativos em quatro anos.

O valor inclui o cartão pessoal de Bolsonaro e, também, outros cartões usados por ajudantes de ordens e funcionários da presidência.

Cartões corporativos da presidência na gestão Jair Bolsonaro

Ano Valores gastos
2019 R$ 5.382.478,10
2020 R$ 7.314.318,09
2021 R$ 9.927.562,29
2022 R$ 4.997.298,75
Total do mandato R$ 27.621.657,23
Fonte: Fiquem Sabendo e Secretaria-Geral da Presidência
O material divulgado também permite dividir esses gastos pelo tipo de despesa.

Os maiores gastos nesses cartões, nos últimos quatro anos, foram relacionados a hospedagem e alimentação – sobretudo, em viagens do presidente e de assessores.

Gastos em cartões corporativos da Presidência na gestão Jair Bolsonaro

Tipo de Despesa Soma de VALOR
Hospedagens R$ 13.669.149,08
Fornecimento de alimentação R$ 5.511.790,53
Gêneros de alimentação R$ 4.783.581,22
Apoio administrativo, técnico e operacional R$ 1.538.381,15
Locação de bens móveis e intangíveis R$ 699.775,01
Combustíveis e lubrificantes automotivos R$ 668.824,56
Material de limpeza e higienização R$ 207.975,15
Locação de imóveis R$ 69.097,25
Locação de máquinas e equipamentos R$ 64.058,50
Material de copa e cozinha R$ 50.394,26
Material de acondicionamento e embalagem R$ 49.008,87
Fonte: Fiquem Sabendo e Secretaria-Geral da Presidência

O material divulgado pela Presidência da República também permite verificar o gasto com cartões corporativos a cada ano. O g1 fez a atualização monetária usando o IPCA mensal, divulgado pelo IBGE.

Assaltantes são presos após telefone da vítima rastrear e indicar a localização do grupo em Hortolândia

Quatro homens, que não tiveram suas identidades reveladas, foram presos momentos após cometerem um assalto em um comércio. O fato ocorreu na noite desta quarta-feira, dia 11 de janeiro, na região central de Hortolândia.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

De acordo com o boletim de ocorrência, durante ação criminosa, os bandidos teriam levado aparelhos celulares das vítimas. 

Momentos após o assalto, as vítimas teriam acionado a Polícia Militar através do 190, e uma delas teria informado que o seu aparelho telefônico, que permitia rastreio, estaria apontando a localização em uma rua no bairro Jardim Boa Esperança.

Uma equipe policial se deslocou até o endereço apontado e durante patrulhamento, os agentes teriam visualizado um veículo modelo Corsa, que ao passar pelos agentes, os suspeitos que estavam dentro do carro, teriam abaixado na tentativa de se esconderem.

Ao suspeitar da atitude dos homens, os policiais realizaram a abordagem.

Segundo registro, o condutor desceu muito nervoso e os demais criminosos foram colocados na calçada.

Ao realizarem a revista pessoal, o condutor teria confessado que praticou o assalto, e informou onde estaria os celulares das vítimas.

O supervisor ROCAM se deslocou até o endereço apontado, onde encontrou uma bolsa e dentro dela estava dois aparelhos telefônicos da marca Iphone.

Durante consulta ao banco de dados da Polícia Militar, foi contatado que os quatro envolvidos teriam passagens criminais, sendo que um deles teria um mandado em seu desfavor.

Diante dos fatos os bandidos receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia.

 

Diretora de escola de Campinas perde cargo após participar de ataques em Brasília

A secretaria de Educação de São Paulo decidiu retirar a gratificação de diretora, Yacy Sávio de Oliveira, da Escola Estadual Professor Luis Galhardo, no Jardim Cura D’Ars em Campinas.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Ela teria participado dos atos terroristas em Brasília, no último domingo.

De acordo com informações oficiais, Yacy, publicou um vídeo nas redes sociais, informando que estava indo à Esplanada dos Ministérios. Ela também foi gravada pichando uma das paredes. 

De acordo com portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, a nomeação em regime de gratificação para exercer o cargo de diretora foi cancelada. Isso não significa que ela foi exonerada do cargo de professora.

A secretaria de Educação já havia confirmado que um procedimento administrativo seria aberto para investigar o caso, e que após esse procedimento vai ser decidido pela exoneração ou não.

Falta menos de uma semana para o início do Projeto “Férias em Ação” da Prefeitura Destaque

O projeto “Férias em Ação” da Prefeitura de Hortolândia promete movimentar a comunidade esportiva da cidade nesta segunda quinzena de janeiro. Quem estiver ansioso para a volta das atividades esportivas gratuitas no município após o recesso para as festas de final de ano, já pode se preparar. Entre os dias 16 e 27, de segunda à sexta-feira, três espaços esportivos de diferentes regiões da cidade receberão pessoas de todas as idades para a prática nos períodos da manhã (9h às 12h) e tarde (14h às 17h).

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

“São práticas esportivas e recreativas sem limite de idade e idade mínima para participação. O projeto vai manter a população ativa no período de recesso das Escolinhas Esportivas. Na última edição do Projeto Férias, atendemos aproximadamente duas mil pessoas neste período. Vamos manter a qualidade sempre com o objetivo de levar qualidade de vida para todos”, explica o secretário de Esporte e Lazer da Prefeitura, Gléguer Zorzin.

Segundo a Secretaria de Esporte e Lazer, acontecerão disputas de práticas coletivas como basquete, futsal, handebol e vôlei, além de brincadeiras tradicionais, como queimada, pega-pega, pega-bandeira e circuitos. A ação contemplará também jogos como tênis de mesa, tabuleiros e outras atividades recreativas. Para os adultos, será possível praticar ginástica na Estação Cidadania de Esportes.

CONFIRA ABAIXO OS ENDEREÇOS DOS ESPAÇOS

Centro Poliesportivo “Nelson Cancian”

Telefone: (19) 3865-5577

Endereço: Rua João Barreto da Silva, 505, Jardim Nova Hortolândia.

Estação Cidadania de Esportes

Endereço: Entre as ruas João Guimarães Rosa e Fernando Sabino, próximo ao Supermercado Good Bom do Jardim Amanda.

Telefone: 19 99625-5013

Ginásio Poliesportivo Victor Savala

Endereço: Rua Aguinaldo Gomes Cardoso, nº 500, Jardim Nossa Senhora de Fátima, nas dependências do Parque Socioambiental Dorothy Stang.

Telefone: (19) 3965-5951

Aumenta a procura pelo Pronto Socorro do HC da Unicamp

A direção do hospital acredita que a crise econômica provocada pela pandemia fez com que muitas pessoas deixassem de ter convênios médicos, necessitando utilizar o sistema público de saúde. Outro ponto considerado é que a pandemia fez com que muitas pessoas tivessem suas doenças agravadas devido a não buscar o tratamento adequado durante o período de isolamento, e com isso há mais gente buscando atendimento.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Dados ANS

Segundos dados mais recentes da Agência Nacional de Saúde Suplementar, em setembro do ano passado Campinas registrou 586 mil beneficiários de planos de saúde, 25 mil a mais que o registrado em setembro de 2019. Porém, durante a pandemia houve um período de queda, sucedido pelo período de crescimento. Na região metropolitana a situação é a mesma. São 1 milhão 428 mil beneficiários ativos, 93 mil a mais que em setembro de 2019, mas em 2020 houve uma queda nesse número, antes de haver a retomada.

Cadastro
O HC da Unicamp também informou que tem tido problemas para atualizar dados cadastrais dos pacientes, o que impede o contato com muitos para que sejam chamados para realizar procedimentos. Segundo a unidade, estão defasados 60% dos cadastros de 1,2 milhão de pacientes. Mas o fato de isso só poder ser feito presencialmente dificulta a atualização.

Os atendimentos no Pronto Socorro do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp aumentaram 43% em um período de quatro anos, segundo dados do próprio HC. Foram 5.100 atendimentos em 2019, e em 2022 o número saltou para 7.300. Os atendimentos mais procurados são para problemas cardiológicos, neurológicos, ortopédicos, além de e cirurgias de urgência ( como tumores, inflamação abdominal).

A direção do hospital acredita que a crise econômica provocada pela pandemia fez com que muitas pessoas deixassem de ter convênios médicos, necessitando utilizar o sistema público de saúde. Outro ponto considerado é que a pandemia fez com que muitas pessoas tivessem suas doenças agravadas devido a não buscar o tratamento adequado durante o período de isolamento, e com isso há mais gente buscando atendimento.

Dados ANS

Segundos dados mais recentes da Agência Nacional de Saúde Suplementar, em setembro do ano passado Campinas registrou 586 mil beneficiários de planos de saúde, 25 mil a mais que o registrado em setembro de 2019. Porém, durante a pandemia houve um período de queda, sucedido pelo período de crescimento. Na região metropolitana a situação é a mesma. São 1 milhão 428 mil beneficiários ativos, 93 mil a mais que em setembro de 2019, mas em 2020 houve uma queda nesse número, antes de haver a retomada.

Cadastro
O HC da Unicamp também informou que tem tido problemas para atualizar dados cadastrais dos pacientes, o que impede o contato com muitos para que sejam chamados para realizar procedimentos. Segundo a unidade, estão defasados 60% dos cadastros de 1,2 milhão de pacientes. Mas o fato de isso só poder ser feito presencialmente dificulta a atualização.

Bolsonaro sente dores e é internado nos EUA

Jair Bolsonaro acaba de ser internado no AdventHealth Celebration, um hospital com 220 leitos nas imediações de Orlando, na Flórida. Ele alega estar com fortes dores abdominais.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Desde a cirurgia a que foi submetido depois da facada de 2018, Bolsonaro já foi hospitalizado algumas vezes por causa de dores abdominais. A mais recente ocorreu em novembro, quando deu entrada no Hospital das Forças Armadas, em Brasília.

Em janeiro e em março do ano passado, o ex-presidente também foi acometido do mesmo problema.