Hortolândia pode multar em até R$ 2 mil quem vandalizar abrigos de ônibus

Valores  aplicados pela Prefeitura variam de R$ 122,80 a R$ 2.047,00

A Prefeitura de Hortolândia realiza modernização nos abrigos de ônibus em todas as regiões da cidade.  De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, já foram instalados mais de 150 novos abrigos. Além da mudança das estruturas, os abrigos garantem comodidade e mais segurança aos usuários do transporte público. Os novos abrigos possuem espaço para cadeirante e piso podotátil para deficientes visuais, assim como bancos reforçados para obesos e pictograma que sinaliza a reserva de vaga para PCD (Pessoa com Deficiência). 

Para manter os abrigos conservados, é necessária a colaboração da população. Vandalizar os abrigos com pichações, colar cartazes e danificar ou quebrar as estruturas é infração do código municipal de posturas . O infrator fica sujeito às penalidades definidas em lei. Os valores das multas variam de 30 (trinta) UFMH equivalente a R$ 122,80  a 500 UFMH  (quinhentas) equivalente a R$ 2.047,00. Ao flagrar este tipo de situação, o municípe pode acionar a Guarda Municipal pelos telefones 153 / 08000-111-580.

Hortolândia vai ganhar 218 novos pontos de ônibus

Foto: PMH

Hortolândia ganhará, em breve, 218 novos pontos de parada de ônibus. Técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana já iniciaram a instalação de mais 165 novos abrigos de ônibus e mais 53 totens que sinalizam locais de embarque e desembarque. Na tarde desta sexta-feira (30/04), o prefeito José Nazareno Zezé Gomes e o secretário da pasta, Atílio André Pereira, vistoriam um deles, recém-implantado, na Rua Luiz Camilo de Camargo, próximo ao atacadista Assaí, na Região Central.

Modernos, os novos equipamentos garantem comodidade e segurança aos usuários do transporte público. Além de confortáveis, os novos pontos contam com painéis que permitirão aos usuários consultar o itinerário e o tempo de chegada dos ônibus. Os abrigos dispõem de iluminação, espaço para cadeirante e piso tátil para deficientes visuais, assim como bancos reforçados para obesos.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, abrigos e totens serão instalados em toda a cidade, em ruas e avenidas de grande fluxo de pessoas.

“O abrigo de ônibus é o ponto de partida para a viagem. É tão importante quanto o ônibus para segurança e conforto para os usuários do transporte público”, ressaltou o secretário.

Segundo o prefeito, trata-se de uma importante ação que mantém Hortolândia no ranking das cidades mais inteligentes do Brasil. 

“Esta é mais uma ação que coloca Hortolândia no mapa das cidades inteligentes, pois estes pontos vão contar, muito em breve, com Wi-Fi para que todos possam acompanhar os horários e itinerários por meio de aplicativo na internet. O trabalho segue em frente, preparando Hortolândia para ser uma cidade inteligente, que atrai investimentos e gera emprego e renda, seguindo com o legado de Perugini e trabalhando para melhorar a vida de nosso povo”, afirmou Zezé.

(Fonte: PMH)

Pontos de ônibus recebem instalações de novas cabines em Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta quarta-feira (24/07), a instalação dos seis novos abrigos de ônibus na região Central. Serão quatro abrigos na rua Nelson Pereira Bueno e dois na rua João Camilo de Camargo. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o serviço será concluído na sexta-feira (26/07). Os abrigos são de estrutura metálica, nas cores azul e branca, com assentos para quatro pessoas. 

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o serviço é realizado por meio de parceria com a iniciativa privada. O objetivo é oferecer um local mais confortável para os usuários do transporte coletivo.

EMANCIPAÇÃO

Já na avenida da Emancipação, a Prefeitura, em parceria com a Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), órgão vinculado ao governo do Estado, vai substituir os abrigos de ônibus por equipamentos novos e implantará mais coberturas ao longo da via. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o novo modelo dos abrigos já foi aprovado e a instalação deve ser realizada no prazo de 45 dias. As peças já existentes serão trocadas por novas. Nos pontos onde não há coberturas, serão instalados abrigos. 

Atualmente, existem 17 paradas de ônibus, com 25 abrigos, na Avenida da Emancipação. Após a troca, serão 31 abrigos cobertos no local. Atualmente, três paradas de ônibus na via não contam com cobertura.  De acordo o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, a Prefeitura busca recursos junto ao Governo Federal para a instalação de 151 novos abrigos de ônibus em toda a cidade.