Após ser campeão mundial, Messi revela se continuará jogando pela Argentina

Era o título que faltava a um dos maiores jogadores da história do futebol. Neste domingo, a Argentina venceu a França nos pênaltis por 4 a 2, após empate no tempo normal e prorrogação por 3 a 3, conquistando a Copa do Mundo do Catar.

– FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Com dois gols e a liderança de um capitão que vestiu a camisa 10 de Maradona, Lionel Messi eternizou seu nome na história do futebol mundial.

– É uma loucura que tenha acontecido dessa maneira. Eu queria muito. Eu sabia que Deus ia me dar, eu senti que ia ser isso. Agora é aproveitar – disse Messi.
Melhores momentos: Argentina 3 (4) X (2) 3 França pela final da Copa do Mundo 2022

O craque não escondeu a emoção ao falar dos torcedores e da beleza da taça da Copa do Mundo. O craque já começou a pensar em como será a recepção dos torcedores no desembarque em Buenos Aires, nesta segunda-feira.

– Olha o que é essa taça, é linda. Sofremos muito, mas conseguimos. Mal podemos esperar para estar na Argentina para ver o quanto isso vai ser louco.

Mesmo afirmando que o título encerra sua trajetória pela Argentina em Copas do Mundo, Messi garantiu que deseja atuar alguns jogos como campeão mundial antes de deixar de vez a seleção.

– Quero jogar mais algumas partidas como campeão mundial. Todo mundo quer isso, é o mais desejado por todos. Tive a sorte de ter conquistado tudo na minha carreira, e era isso que me faltava. Quero levar lá para desfrutar com todos – disse.

O título quebra um jejum de 36 anos da Argentina em Copas. Ela havia conquistado o Mundial em 1978 e 1986. Com isso, se isola como tricampeã, à frente de França e Uruguai, com duas taças, Inglaterra e Espanha, com uma. A Itália e a Alemanha aparecem à frente, com quatro títulos, superadas apenas pelo Brasil, com cinco.